sexta-feira, 22 de maio de 2009

Poema da raiva...




Onde está seu azul céu ?
Onde está seu azul céu?
Céu cinza
Céu triste e cinza
Céu cinza...

Onde está o seu brilho sol ?
Onde está o seu brilho sol ?
Sol apático
Sol apático
De raios minguados
Apático...

Onde está o seu verde vale ?
Onde está o seu verde vale ?
Vale seco
Vale seco
De que vale um vale seco?
Seco...

Onde está o seu domínio homem ?
Onde está o seu domínio homem ?
Homem tosco de atitudes torpes
Homem tosco de atitudes torpes
Pensastes que fostes Deus é ?
E fizestes com a natureza e com a vida
O que eu faço na latrina
Latrina...
.

3 comentários:

Decimar Biagini disse...

Bota para fora tche....

Liter & Art disse...

Livraria do Independente

Músicos e escritores autônomos e independentes: disponibilizem seu trabalho ao grande público consumidor!

Visitem a livraria criada especialmente para o profissional independente: livrariadoindependente.org

Artesãos também tem espaço garantido na Livraria do Independente.

Vantagens:
- disponível para todos.
- independente de editoras, gravadoras e selos.
- todos podem divulgar seu trabalho 24h por dia/7 dias por semana/365 dias por ano.
- contato direto entre seu público e você.

Aproveite o que é seu!

Estamos abertos à parcerias. Ajude-nos a divulgar este projeto.

http://livrariadoindependente.org

Lidenskab disse...

Estava procurando a raiva, encontrei o quintal com portão aberto. Entrei..sem vergonha...
Vi letras desajeitadas em uma linda dança,descobri segredos nada secretos,e me deliciei na doçura das palavras de um poeta ávido pela vida que convida a morte p/dançar. Obrigada Léo.
Eliane