sábado, 7 de agosto de 2010

Hiroshima, Nagasaki e Tio San...

Eu queria entender uma coisa...

Ontem fez 65 anos que o Japão relembra a explosão da bomba de Hiroshima, isto é a maior catástrofe nuclear realizada até hoje.

Era o fim da segunda guerra mundial, o Japão já estava vencido, invadido pelos americanos e sem alguma chance real de vencer a tal guerra, alguns aviadores japoneses apelidados de kamikazes se jogam sobre os cargueiros americanos, mas os gringos não engoliam mesmo o ataque japonês a base de Pearl Harbor, e para revidar tudo isto, alem de já estarem com quase tudo sobre controle, lançaram uma bomba atômica sobre duas cidades habitadas por civis que pouco ou nada tinha haver com a guerra, matando de imediato mais de 140.000 pessoas fora os que foram morrendo meses e anos depois por conta da radiação...

E hoje não raramente se vê uma grande apologia aos Estados Unidos por onde se passa aqui no Japão, os japoneses realmente idolatram um país que devastou seu povo, eles realmente se prostam diante dos americanos e seus fast food´s, certa vez um japonês me falou que são gratos aos americanos porque estes ajudaram a reerguer o país, e sem esta ajuda o Japão não seria o que é hoje, para mim esta é a mais pura história ao modo ´boi ta-ta ´ , o fato é que os caras vieram aqui, explodiram o país, mataram milhares de pessoas e depois investiram em um país para ser um dos ou o seu maior lucro empresarial fora de casa, fazem o Japão de um verdadeiro fantoche e estes ainda são gratos ???

O que mais me indaga é como os japoneses famosos por serem nativistas se deixam passarem por tal vergonha aos olhos de todo planeta depois de sofrerem tamanha catástrofe.

Me considero um pacifista, concordo e aprovo o perdão por parte dos japoneses, mas daí ficar babando ovo pelos gringos depois de tudo isto é realmente fora de uma análise racional...




sobrevivente da bomba de Hiroshima...



8 comentários:

Rafael Taniguchi disse...

O cálculo é frio, mas lógico: antes matar 200 mil dos nacionais que nos atacaram primeiro que 2 milhões dos meus nacionais.

As bombas foram terríveis, mas acordaram o imperador para a realidade. Não fosse a intervenção dele, dúvido que a guerra teria terminado e, certamente, morreriam muito mais japoneses...

Felipe BytercouD disse...

pow eu num sei muita coisa disso comçei a ler agora,pow pelo oque eu li o japoneses ja taa quase se entregando,mais ele jogaram a hiroshima,nem precisaa disso eu acho,pow tinha pessoal inocente que numk tinha nada haver pelo o lado que aonde eles tacaram a maioria era milita e fora que muita pessoa se fudeu nessa historia,e a terra de la fico afetada pela radiação.eu queria sabe mais sobre isso.qualquer coisa me adc no orkut
felipe.vsg@gmail.com

damares disse...

Serei terrorista,porém muito diferente,atacarei somente os que mereçem:POLITICOS,me voltarei contrao brasil matarei todos os politicos,depois irei comandar esse pais.por ultimo tomarei outras terras,chegarei a ser dono do mundo.quando ouvirem falar de ''TAKAY'' Podem lembrar que sou eu!!!

Anônimo disse...

damares vai toma no seu cu

Anônimo disse...

Damares sem noçã! Garoto para de ser criança. Vai estudar e TENTAR ter um futuro legal. O que para você será dificil.

Anônimo disse...

vai tomar no cu terrorismo de cue e rola ass saga3000 point blank brasil

Lala disse...

Olha, eu sou japonesa, e particularmente tenho certo rancor pelos americanos. Sou contra a guerra, e sei que os japoneses começaram os ataques, mas não era necessário jogar duas bombas! A primeira já havia realizado mortes o suficiente, mas ai eles foram lá e jogaram a segunda!
Sinceramente, até me envergonho dos japoneses que idolatram os americanos.

Anônimo disse...

Oi pessoal, acho muito legal tudo isso que os EUA fizeram. Hoje o japão é um país muito melhor, poxa come eles são evoluídos, educados,honestos. Da mesma maneira veja a importância nas ações do Bin Landen e do Hitler ambos ajudaram o mundo a ser um lugar melhor para se viver veja hoje tá todo mundo feliz. Fast food, iphone, facebook, plastation e o que é melhor meu país (Brasil) e outros (Irã, Russia, China) foram proibidos de produzirem armas nucleares. Estou me sentido mais seguro.